Uma semana

Agora falta uma semana para deixar o Japão. Não posso dizer que saio com a sensação de missão cumprida porque não havia missão alguma, saio sim é com um sentimento de que aproveitei muito bem aqui, especialmente com minha ultima viagem a Madarao.

Madarao fica no norte de Nagano, perto de Niigata, uma das regiões com mais neve no país. Foram três dias  com muita nevasca, guerra de bola de neve, esqui e quedas e frio de -9 graus. Esquiar não é fácil, ao menos a principio parece muito dificil, mas a questão é que apenas dois movimentos básicos precisam ser dominados a princípio, que é freiar e fazer curva. O problema é que até aprender isso sempre se acaba pegando mais velocidade do que um principiante consegue controlar e as quedas são inivitáveis. Mesmo assim é muito  relaxante, adrenalínico, dolorido… de todas as viagens que fiz por aqui essa foi com certeza a mais divertida, e evidente que ver aquela quantidade de neve é de certa forma emocionante, especialmente pra quem tinha visto uma quantidade minuscula de neve só na primavera.

Com o retorno a Tokyo veio a sensação de reta final. Comecei a arrumar as minha malas para perceber que tem tanta coisa para levar que precisei comprar mais uma. A quantidade de papéis e livros somada ao dos presentes ocupou praticamente a segunda mala inteira. Talvez muitos dos materiais pudessem ser carregados digitalmente, mas eu sou uma pessoa que gosta de papel, mesmo que não vá olhar para eles durante muitos anos. A sensação de reta final também é reforçada pelos amigos que estão retornando aos seus países, alguns bastante próximos outros nem tanto, mas acredito que a ficha só vá cair quando eu deixar o país, até lá ainda existe aquela sensação de que estão por aqui apenas escondidos nos próprios quartos.

Uma semana é um tempo curto, mas ao mesmo tempo me parece ideal para refletir sobre o que foi feito, sobre o que falta fazer e sobre as mudanças que o retorno ao Brasil terá em minha vida. Uma coisa é certa, as coisas nunca mais serão iguais ao que era antes da viagem. Das pequenas coisas como ir ao supermercado e ver um novo mundo de produtos se abrir a minha frente (e ao mesmo tempo sentir falta das coisas daqui) até a própria forma de estudar, de me relacionar com as pessoas, tudo vai ter pequenas mas decisivas diferenças. Os ultimos posts do blog tem sido em sua quase totalidade apenas uma espécie de diário mas acredito que o retorno ao Brasil vai ser ideal para deixar o diário de lado e por em prática todos os posts mais gerais relacionados ao estilo de vida no Japão, aos estudos que fiz, as obersvações, as diferenças. Como sempre acredito que a comparação vai ser o melhor instrumento para analisar esse período todo. Acredito que por estar tão acostumado a vida aqui se tornou mais difícil por escrever sobre minhas observações e impressões do Japão e o retorno provavelmente será o choque necessário para tornar o blog interessante por mais algum tempo.

Ps. Percebam que as duas fotos nesse post foram tiradas no mesmo lugar, uma num dia de nevasca e no outro com um dia ensolarado. Muitas reflexões podem ser feitas com essa mudança entre não enxergar nada e repentinamente observar tudo em volta claramente, mas estou com preguiça de desenvolver a idéia.

Anúncios

3 Respostas para “Uma semana

  1. Aqui na praia nós estamos parecendo sapos no banhado. É só chuva !!! Aproveite Paris. Se precisar de alguma coisa, procure a familia DE GAULE. São amigos da familia. Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s