Viagem

Vou iniciar as postagens nesse blog contando como foi a viagem até o Japão. Esse incíio será bastante cansativo, já que vai parecer um diário mal escrito de alguem que nunca viajou, mas depois dessas impressões iniciais pretendo postar alguns temas específicos.

Saí de Curitiba no dia 25 de Março com destino a São Paulo, e cheguei lá por volta das 10:30, como o vôo para Paris só sairia às 17:10 tive muito tempo para conhecer o aeroporto de Guarulhos, que é grandinho mas não tem absolutamente nada para fazer. Almocei no McDonalds, já que o Cheddar estava em promoção e fiquei o resto do tempo passeando ou sentado esperando a chamada para o check-in da Air France. Quando o check-in ficou disponível no painel fui até os guichês da companhia, só havia mais uma pessoa esperando, mas não havia atendentes, meia hora depois a fila estava enorme, quando chegaram os funcionários eu tive preferência pois já havia feito o check-in em Curitiba. Ali recebi passagens para os vôos São Paulo/Paris e Paris/Japão, além de um mapa do aeroporto Charles de Gaule explicando como chegar ao meu portão de embarque.

As 16:10 me dirigi ao portão de embarque, estava bem lotado e lá elas 16:40 embarquei no avião, o tempo estava péssimo, então houve um atraso de 1 hora. Obviamente desta vez o avião era bem maior, um 777 , com TVs individuais nas quais você pode escolher vários, filmes, séries, musicas… Também era possível observar as imagens da câmera abaixo do avião ou então a rota da viagem, velocidade, km percorridos, temperatura externa. Enfim, a viagem durou 10:28 h mas passou bem rápido, assisti A Serious Man, The Magnificent Seven e G.I. Joe,além de desenhos como Simpsons e Os Pequeninos (sim, aquele antigo que passava no SBT), dormi bastante e comi muito, já que foram servidas três refeições. As comissárias de bordo eram francesas mas algumas falavam um pouco de português, mas por algum motivo comigo só usavam frances, e eu fingia que entendia.

Chegamos com um atraso de 1h no Charles de Gaule, de qualquer forma ainda tinha quase 2h até o embarque, mesmo assim, para sair da ala de desembarque do Terminal para a área de embarque no mesmo terminal (são 6 ao todo) levei cerca de 45 minutos. Parte do trajeto foi feito em um shuttle (um tipo de mini trem), o mapa que recebi não serviu para nada, o aeroporto é bastante complicado, mas as orientações são precisas então é difícil errar.

O avião era muito parecido, a grande diferença é que agora só utilizavam Frances, inglês e japonês. Das 11 horas de vôo 10 horas foram sobrevoando a Russia mas havia muitas nuvens, então era algo bastante monótono olhar pela janela. Novamente assisti vários filmes (Where The Wild Things Are, Harry Potter 6, Hovering Blade) e ouvi um pouco de música, tive 3 refeições então quando cheguei ao Japão estava cansado de comer haha.

Narita é um aeroporto menor que o Charles de Gaule e mais organizado, o banheiro era absurdamente limpo, por sinal. Após passar pelos procedimentos de imigração e encontrar minha mala sã e salva na esteira segui para o saguão do aeroporto, onde um funcionário da Universidade de Soka e a Mieko (uma amiga que fez intercambio para o Brasil ano passado) estavam me esperando. Eles compraram passagens de ônibus para Hachioji e depois comprei chocolate e café gelado. A “viagem” até Hachioji, que é um subúrbio de Tokyo durou umas 2 horas porque havia bastante transito, considerando que o onibus saiu do aeroporto às 8:00 da manhã isso deve ser inevitável em qualquer país onde as pessoas tem que sair para trabalhar 🙂

No próximo post irei contar minhas primeiras impressões de Tokyo e do Alojamento, e depois contarei minha primeira visita ao centro de Hachioji.

Anúncios

9 Respostas para “Viagem

    • Não, rugrats são os anjinhos, os pequeninos é aquele do menino com umas pessoinhas dentro da parede. Talvez não seja esse nome mas não estava em portugues, então eu achei que fosse…

  1. É isso aí, Eduardo, vá contando as novidades desta tua aventura no Japão. Deve ter novidades mil na parte de eletronica e coisas do genero. Vou procurar este espaço todo dia. Boa sorte e aproveite. Mozart

  2. Eu me lembro vagamente dos pequeninos . Eles entravam em um exaustor (ou ar condicionado?) na parede e confabulavam.
    Mas na minha cabeça tudo era só pra fugir de cachorros. Mas aí já é outra história…

    “Das 11 horas de vôo 10 horas foram sobrevoando a Russia mas havia muitas nuvens, então era algo bastante monótono olhar pela janela”.
    Todo mundo sabe que as nuvens russas são as mais belas do mundo. Perdeu.

  3. Uhm, pela descrição eu não me lembro mesmo e pesquisa no Google também é useless (você tem idéia de quantas vezes aparece a frase ‘venham a mim os pequeninos’?)… Parece que vou ter que pegar um avião desses pra tirar minhas dúvidas.

  4. Demorei, mas aqui estou! o/ Vou ler todos os seus posts agora…

    Viajar para o Japão demora muito… -o.õ- Mas parece que você administrou bem as horas todas, e ainda teve tempo de aprender francês, que beleza, hehe!
    Boa sorte em tudo por aí!! -^_^-

  5. olá!!pretendo fazer intercambio no japão assim como vc!!e gostaria e que vc me desse umas dicas!!como foi a aprova se foi dificil!!qual foi a reação de sua família e quando vc decidiu ir para o japão!!gostei muito do seu blog e gostaria muito que vc falasse o que aconteceu antes de ir para o japão!! em 2012(esse)estou estudando japones para a prova em 2013!!qual era seu nivel de japonesa antes da prova!!^^obrigado ótimo blog

    • Bom, preciso saber qual prova você vai fazer antes de dar qualquer conselho. Por exemplo, eu fiz uma prova bastante simples, o que nao torna o processo seletivo mais fácil, pois obriga você a gabaritar ou quase gabaritar o teste para ficar na disputa, pois o que é fácil para um é fácil para os outros. Por outro lado, se você tentar a prova do Monbusho, ela chega a exigir um nível de preparação de ITA ou IME nas matérias exatas e muitas vezes nem pede conhecimento de japonês. Sabendo um pouco melhor seus planos acho que posso dar alguma ajuda mais direcionada, pois a minha situação, que é bastante peculiar, pode ser um exemplo ruim em algum pontos de sua preparação.

      Abraços,

      Eduardo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s